Tratamento com implantes zigomáticos: indicações e diagnóstico

Os implantes zigomáticos são uma solução para mim?

O que são implantes zigomáticos?

Os implantes zigomáticos são uma solução para pessoas com perda óssea grave. Mais especificamente, é uma solução destinada aos casos em que a perda de osso na boca é tão grave que é impossível colocar implantes normais com segurança. São mais compridos do que os implantes comuns, fixam-se na maçã do rosto e proporcionam quatro pontos de estabilização para uma prótese fixa. Conheça aqui as indicações e diagnósticos dos implantes zigomáticos.

São uma solução para mim?

Acima de tudo, um diagnóstico completo é essencial para obter uma resposta. Os nossos pacientes chegaram até nós com diferentes queixas médicas, desde uma perda progressiva da qualidade de vida até ao desejo de comer, morder e rir como antes. Além disso, de um modo geral, tinham um historial odontológico complexo, incluindo, por exemplo, perda de implantes ou várias cirurgias. Atualmente, os implantes zigomáticos são a solução mais segura de prótese fixa suportada por implante, nos casos em que existe pouco ou nenhum osso disponível. A perda óssea também pode ser uma consequência do uso prolongado de uma prótese amovível.

O tratamento com implantes zigomáticos é uma solução que transforma vidas. A equipa clínica entrega os dentes fixos 24 horas após a intervenção cirúrgica, permitindo que cada paciente continue a vida social. Esta abordagem é um procedimento avançado que só cirurgiões qualificados e experientes realizam. Os ZAGA Centers consistem em centros de excelência certificados e reconhecidos internacionalmente para o tratamento de perdas ósseas graves através do recurso a implantes zigomáticos. E, mais importante ainda, o objetivo dos ZAGA Centers é compreender a fundo as necessidades e queixas de cada paciente. São multidisciplinares na sua prática e proporão a melhor solução para si. Pode ou não incluir implantes zigomáticos, mas aumentará a sua qualidade de vida dentária. Por fim, a prevenção é essencial para a sua saúde oral. Embora os ZAGA Centers tratem complicações de outros consultórios odontológicos, o seu objetivo é sempre o bem-estar do paciente. Contacte o ZAGA Center mais próximo para saber se os implantes zigomáticos são uma solução para si.

O que fazer quando a perda óssea impede a colocação do implante dentário?

Indicações e diagnóstico

Em certas situações, o osso da boca pode encolher e ficar significativamente menor a ponto de, por vezes, desaparecer. Este fenômeno também é denominado perda óssea ou clinicamente como “atrofia maxilar”. A consequência disso é que o osso que separa a área sinusal da boca é muito fino, com apenas alguns milímetros de espessura. Coloquialmente, o termo “perda do maxilar” define o mesmo fenômeno. A atrofia maxilar também pode dever-se a problemas sistémicos do corpo. Só um diagnóstico completo feito por uma equipa formada de especialistas pode identificar as verdadeiras causas da perda óssea. Além disso, uma falha ou infeção do implante pode levar à perda óssea. Consequentemente, o pouco osso que resta impede a colocação de implantes dentários. A perda óssea impede a colocação do implante dentário.

A atrofia maxilar tem consequências significativas para a qualidade de vida, não apenas dentárias. O uso de uma prótese amovível é complicado, demorado e, geralmente, não cumpre a função e a estética esperadas. Morder uma maçã, comer um sanduíche ou sorrir é difícil, se não impossível, com uma prótese amovível. Além disso, o uso prolongado de próteses amovíveis agrava ainda mais a perda óssea na boca. A falta de estimulação mecânica do osso da mandíbula leva a uma perda de osso.

Soluções quando a perda óssea impede a colocação de implantes dentários

Nesta situação, não há material ósseo suficiente para colocar implantes dentários. Há alguns anos, a solução mais amplamente utilizada era os enxertos ósseos, com uma taxa de sucesso de 80%. Hoje, no entanto, a taxa de sucesso dos implantes zigomáticos é superior a 92%. O tratamento envolve o uso do osso da bochecha, ou osso zigomático, para ancorar implantes e colocar os dentes fixos dentro de 24 horas. Os implantes zigomáticos são a opção mais segura neste caso. O tratamento cirúrgico termina com uma prótese fixa ancorada nos implantes. Os pacientes podem morder maçãs, comer uma sanduíche e sorrir com confiança. O paciente recebe dentes fixos num dia, ao contrário do que acontece com o enxerto ósseo, onde são necessários alguns meses. Para resumir, existe uma solução quando a perda óssea impede a colocação de implantes dentários.

Implantes zigomáticos: são diferentes dos implantes dentários comuns?

Os implantes

Os implantes zigomáticos são mais compridos do que os implantes dentários comuns. Podem medir até 6 cm, que é o comprimento necessário para os ancorar na maçã do rosto e atingir a posição dos dentes superiores, para sustentar a prótese fixa. Os implantes convencionais apenas podem medir até 1,5 cm. Os implantes dentários zigomáticos e normais possuem inúmeras características em comum, como uma excelente biocompatibilidade e alta resistência. Nos últimos 20 anos, os implantes zigomáticos demonstraram ser seguros e fiáveis. Além disso, a rede de ZAGA Centers tem trabalhado ao longo dos anos lado a lado com os fabricantes de implantes dentários no sentido de aperfeiçoar a qualidade dos implantes e os tratamentos que os utilizam.

O tratamento com implantes zigomáticos

Os implantes dentários regulares permitem diferentes planos de tratamento, dependendo da necessidade de cada paciente: substituição de um único dente, pontes sobre implantes ou prótese total. Por sua vez, os implantes zigomáticos representam a única solução para a reabilitação oral completa quando há perda óssea grave. Um plano de tratamento normalmente inclui um máximo de 4 implantes zigomáticos. Pelo contrário, certas opções de tratamento podem exigir mais de 8 ou 10 implantes dentários comuns. No geral, o número reduzido de implantes compensa a complexidade acrescida do procedimento cirúrgico. Os implantes zigomáticos representam o último recurso para o tratamento dentário da perda óssea. Ao longo dos anos, a taxa de sucesso do método aumentou até se tornar o padrão de excelência atual no tratamento de perdas ósseas graves. Mais importante, os tratamentos com implantes zigomáticos são agora uma solução para pacientes que não tinham um antes.

Os implantes zigomáticos fazem parte de um plano de tratamento completo. O objetivo é restabelecer a qualidade de vida de cada paciente. Na maioria dos casos, isto ocorre juntamente com uma prótese superior completa ancorada em implantes. O impacto na qualidade de vida é muito significativo. Comer, mastigar e rir deixarão de ser atos limitados. Socialmente, o resultado do tratamento é fantástico.

Teste de diagnóstico para implantes zigomáticos

Antes da primeira consulta

Muito antes de um diagnóstico clínico, os pacientes percebem que estão a perder a sua qualidade de vida devido a problemas dentários. O teste de diagnóstico para implantes zigomáticos ocorre durante a primeira consulta no consultório odontológico. Antes disso, poderá rever-se em várias situações descritas pelos nossos pacientes nos seus testemunhos. Desde falhas nos implantes à perda progressiva dos dentes, a qualidade de vida dos pacientes diminui com o tempo. Ter problemas a comer, a morder fruta ou a mastigar são comuns. A fala e a locução também podem ser afetadas pela perda dentária. Por fim, o uso de uma prótese amovível reduz ainda mais a qualidade de vida e agrava a perda óssea.

Teste de diagnóstico clínico para implantes zigomáticos

Tendo compreendido as queixas e a história de cada paciente, o diagnóstico clínico para implantes zigomáticos começa com um exame oral completo por um especialista. Esta é uma observação visual de todas as áreas da boca, dos dentes, das gengivas e das estruturas à volta. Os testes não são invasivos nem requerem anestesia. Em menos de um dia, o diagnóstico completo é realizado.

Além disso, é realizada uma radiografia panorâmica, bem como uma tomografia computadorizada, tal como uma Tomografia Computorizada de Feixe Cónico. Estes testes radiológicos permitem visualizar as estruturas ósseas e avaliar a quantidade de osso disponível ou ausente para a colocação de implantes dentários comuns. Se sofrer de atrofia maxilar grave, por outras palavras, se não tiver osso suficiente, os implantes zigomáticos representam uma solução segura.

Por fim, estes exames não eliminam a necessidade de outros exames médicos. Por exemplo, o anestesista que o acompanhar durante a cirurgia pode precisar de exames adicionais, como teste de alergias ou análises ao sangue. Estes exames complementares são fundamentais para garantir que o plano de tratamento se adapta à sua anatomia e às suas necessidades. Um diagnóstico completo proporciona aos ZAGA Centers as informações necessárias para encontrar uma solução para os seus problemas dentários e recuperar a sua qualidade de vida. Contacte-nos para mais detalhes.

Os melhores profissionais para implantes zigomáticos: os ZAGA Centers

Preciso de implantes zigomáticos?

Antes de procurar os melhores profissionais em matéria de implantes zigomáticos, é essencial seguir um plano de diagnóstico e tratamento completo e preciso. Este tipo de tratamento deve ser apenas a solução para os casos em que haja perda óssea grave. A falta de osso que impede a colocação dos implantes dentários comuns é a indicação certa. Regra geral, os motivos pelos quais os nossos pacientes marcam a primeira consulta é a perda do seu implante dentário ou o uso prolongado de uma prótese amovível. Portanto, se estiver à procura de um conjunto de dentes suportado por implante e se enquadrar numa das situações mencionadas acima, entre em contacto connosco. Os ZAGA Centers dedicam-se primeiro a entender a sua situação e a diagnosticá-la com precisão. Além disso, são centros odontológicos com várias especialidades, permitindo a elaboração de planos de tratamento ideais para cada paciente.

ZAGA Centers, os melhores profissionais para implantes zigomáticos

Acima de tudo, os Centros ZAGA são especialistas certificados em indicações, diagnósticos e tratamentos de implantes zigomáticos. Os ZAGA Centers em todo o mundo possuem membros da equipa que são especialistas neste procedimento. Têm experiência e formação nesta especialidade. Além disso, os profissionais ZAGA são membros reconhecidos de comunidades científicas. Esta é a razão pela qual os ZAGA Centers são os melhores profissionais para implantes zigomáticos. Os pacientes estão sempre em primeiro lugar. Os profissionais ao seu serviço seguem o Conceito ZAGA, uma forma de desenhar o plano de tratamento de acordo com as expectativas de cada paciente. O tratamento é, portanto, específico para cada paciente. Adapta-se à sua anatomia e às suas necessidades. A certificação é exigente e leva a uma seleção mínima de locais em todo o mundo. Por último, os tratamentos com implantes zigomáticos são tratamentos avançados e apenas médicos qualificados os devem realizar.

O que os pacientes dizem de nós

Ao longo dos anos, pacientes satisfeitos decidiram partilhar o seu testemunho para ajudar outros pacientes. Descubra todos os testemunhos aqui. Resumidamente, descrevem um sentimento de tranquilidade ao comer e de felicidade ao interagir socialmente com os amigos e os familiares.